Sagan na Deceuninck em 2022 ?

Peter Sagan, apesar de estarmos ainda em abril, deverá estar de saída da Bora, no final de 2021, isto a fazer fé, em rumores que circulam na comunicação social, que o dão como certo em 2022 na Deceuninck.

Com 32 anos, Sagan não tem resistido à erosão e são visíveis alguns sinais que assim o demonstram. O antigo campeão do mundo, já não vence com a mesma facilidade, e os seus triunfos têm descido em catadupa. Por seu turno, a Deceuninck, que há pouco travou uma interessante querela com a equipa alemão, não perdeu tempo para desafiar os responsáveis da Bora, considerando a importância de Sagan em termos de notoriedade e nos benefícios que podem daí advir para a equipa belga. O certo é, que o principal responsável pela Bora já tinha declarado que Sagan já não vence como nos seus velhos tempos, e que é um ciclista muito caro para aquilo que rende, em termos desportivos. No ano passado, Sagan só venceu uma vez, em contraste nítido com o seu ano de ouro, 2013, em que venceu 22 vezes, tendo um emblemático vencedor da camisola verde no Tour, pormenor que em 2020 deixou de exercer, em favor de Sam Bennett. Segundo se consta o vencimento de Sagan ronda os cinco milhões de euros /ano, verba que na equipa de Patrick Lefevere terá de descer consideravelmente.

Postos os pratos em cima da balança, a confirmarem-se os rumores, já adiantados também pelo prestigioso jornal francês L’ Équipe, será um dos momentos chave da temporada, em termos de transferências. A Deceuninck tem vindo ao longo da sua existência a consumar algumas transferências de alguma redundância, como o caso mais recente de Marc Cavendish, ou mesmo de Gilbert

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *