Schar expulso, Van Vleuten com melhor sorte

O dia de hoje do Tour de Flandres saldou-se por mais uma expulsão na prova masculina, a sorte coube a Michael Schar da ASG2R-Citroen que o fez inadvertidamente, num ato que se podia dizer instintivo, fruto de muitos anos. O júri foi implacável e está lá para cumprir, algumas diretrizes , mesmo que estas vão contra as tradições do ciclismo.

Mas se o suíço foi expulso sem contemplações, já a vencedora da prova feminina do Tour de Flandres, acabou por ter sorte. Os comissários não viram, ou compreenderam a atitude da ciclista da Movistar. Van Vleuten afirmou no final que viu um homem na berma da estrada de camisa azul e pensou que era um elemento da equipa, quando atirou o seu bidon para a berma da estrada.

Não houve querelas, mas podiam haver. Ninguém protestou e bem, pois a haver vencedor que o seja na estrada e não na secretaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *