Alaphilippe mantém veia atacante

Julian Alaphilippe é o tipo de ciclista que não passa despercebido, e mesmo em situações de alguma contrariedade não se esconde no meio do pelotão. É um puro aventureiro, o que os franceses chamam de “baroudeur”, ou mesmo um ciclista potente ( puncheur), atacando nos momentos mais difíceis de uma etapa, ou nos momentos de corrida mais agressivos.

O atual campeão mundial já deu nas vistas ontem, ao atacar a 70 kms da meta, e hoje, a dois kms da chegada, que terminava numa pequena ascensão atacou forte, levando consigo Moscon e Ciccone, facilitando a brindo caminho para o segundo triunfo de Ballerini, seu colega de equipa. Começa bem a temporada, o ciclista francês : sempre ao ataque, como é seu timbre.