400 mil euros para Associação de Ciclistas internacional

A UCI decidiu atribuir uma verba de 400 mil euros para apoio à CPA, a associação de equipas internacional comandada por Gianni Bugno, para ajudar a restabelecer o equilíbrio financeiro no fundo de solidariedade de apoio aos ciclistas, após o final da sua carreira.

Há alguns anos a esta parte que o fundo de apoio aos ciclistas tem diminuído a verba de apoio, devido a falta de fundos. Os recursos financeiros são obtidos através de uma percentagem dos prémios ganhos por todos os ciclistas, nas provas UCI. Embora sejam alvo de descontos dos seus prémios, os ciclistas portugueses, mesmo com estatuto profissional, não têm direito a qualquer apoio no final da sua carreira, dado que só os ciclistas da 1ª e 2ª divisão são abrangidos pela medida.