Sevilla continua a surpreender, agora, na Venezuela

Com confinamentos por toda a parte, a Volta a Tachira, na Venezuela já vai na segunda etapa. A prova venezuelana é uma das competições mais tradicionais do ciclismo sul americano, tendo tido nos últimos anos a participação da equipa italiana da Androni, que tem ligações publicitárias com o país de Nicholas Maduro.

Hoje, depois de percorridos 113 kms o triunfo sorriu a um ciclista local, pertencente à equipa do Atlético da Venezuela , Roniel Campos, vencedor da prova o ano passado. Campos cortou a meta isolado na companhia de Oscar Sevilla, que não para de surpreender aos … 44 anos de idade. Campos é o novo líder da prova, seguido a três segundos de Sevilla.

A surpresa do dia seria para o colombiano Santiago Umba, da Androni quinto no final da etapa, com apenas 18 anos.

Oscar Sevilla, aos 44 anos não para de surpreender.