Novos equipamentos e novas cores para 2021

As mesmas equipas, algumas modificações no nome de algumas das mais importantes formações mundiais,. ciclistas com camisolas diferentes, a época está prestes a começar. Mas será que vai mesmo arrancar com o fulgor de anos anteriores ?

A resposta já todos sabemos, depois de terem sido conhecidas anulações de provas importantes neste início de temporada, espera-se, por exemplo, que a Volta ao Algarve consiga colocar na estrada um pelotão internacional, onde não faltam equipas interessadas, em especial pela constante anulação de competições previstas para as mesmas datas. Ou seja, as opções de corrida para as equipas World Tour não são muitas.

Mas se a época estará prestes a arrancar, vejamos algumas das principais figuras da modalidade com as suas novas camisolas:

Marc Cavendish foi, talvez, a contratação mais imprevista em 2021-.
Froome com a sua nova camisola, foi protagonista de uma das contratações mais avultadas em 2021.
Richie Porte regressou ao seu grande amor, desta feita para servir os grandes nomes da equipa, depois de alguns anos como chefe de fila noutras formações.
Matteo Trentin com a sua nova camisola ao lado de Pogacar.
Yates posa com o novo equipamento e denominação da sua equipa: Bike Exchange.
Avermaet assumiu a liderança dos franceses da AG2R, agora reforçados com o apoio da Citroen, nas provas clássicas.

Bardet assinou pela Sunweb, que se veio a transformar em DSM. A crise no turismo obrigou a mudanças na equipa, que deixou a Cervélo para correr agora com Scott.
Marc Politt deixou Israel, onde não foi muito feliz, para poder sonhar num triunfo nas provas clássicas, ou quem sabe, para ajudar Peter Sagan a consegui-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *