Camargo venceu Volta à Colômbia com 22 anos e Sevilla foi segundo aos 44 anos

Camargo Sevilla palabras Vuelta

Diego Camargo venceu a Volta à Colômbia, competição que terminou hoje, constituindo um dos principais eventos velocipédicos do continente sul americano, num país que vive para o ciclismo.

Camargo é apontado como um dos principais nomes de futuro do ciclismo colombiano, natural de Boyaca, terra de grandes nomes do ciclismo colombiano, como Quintana e Angel Lopez, e com apenas 22 anos de idade, será um nome a ter em conta no futuro.

Do outro lado da página desta Volta à Colômbia, o segundo classificado, Oscar Sevilla, 44 anos de idade, precisamente o dobro de anos do vencedor, que perdeu por apenas 24 segundos, depois de ter vendido cara a derrota, com uma série sucessiva de ataques, ao longo da última etapa, e que obrigou Camargo a esforços redobrados para garantir o triunfo.

Sevilla gana 7 Vuelta 2020

Estou satisfeito, venci três Voltas, tenho seis pódios … Para mim é um privilégio na minha idade competir com jovens ciclistas como o Camargo, e espero , no próximo ano , estar aqui para tentar vencer ou para ajudar um jovem companheiro de equipa que possa lutar pelo triunfo.” – palavras do espanhol, há muito convertido, por força do amor a uma colombiana e à Colômbia, que o adotou como um dos seus.