Flandres: que corrida, que emoção, que duelo – Poel melhor que Aert

O Tour de Flandres não desiludiu… foi simplesmente a corrida mais emocionante desta temporada, que teve o condão de reunir na frente da corrida os três melhores ciclistas da atualidade em provas de um dia: Van der Poel, Van der Aert e Julian Allaphilippe.

Você não viu isso na TV: as mais belas imagens dos bastidores da Volta à Flandres

Para o francês a sorte foi madrasta, uma moto que não devia estar naquele sitio, deu o condão da história trágica que faz envolver o público. Uma tangente de Van der Aert, provocou um desvio rápido de Van der Poel, deixando poucas hipóteses de manobra para Allaphilipe que, ainda por cima, naquela altura estava com uma mão no auricular a falar com o seu diretor desportivo. O abandono foi imediato e , mais tarde viria a saber-se que o campeão do mundo tinha uma fratura em dois metacarpos.

Patrick Lefevere reage com raiva ao acidente de Alaphilippe: “Motards não tinha negócios lá”

Com Allapahilipe fora da corrida, e já com uma vantagem de mais de um minuto sobre um pequeno grupo de cerca de vinte ciclistas, onde Olivier Naesen, o mais combativo do grupo, tentava a junção, mas sem êxito. Na frente, os dois homens revezaram-se igualmente praticamente até o risco de meta. Van der Poel liderou calmamente os últimos mil metros, com Van Aert na sua roda, levando a discussão final até aos 200 metros. Mau para o belga, ótimo para o holandês. Denotando mais força, Van der Poel nunca abrandou e o seu golpe de rins ao empurrar mais cedo a bicicleta para o risco de meta, acabou por lhe dar o triunfo.

Os dois ciclistas estão agora empatados, ambos ganharam um Monumento esta temporada e, por aquilo que vimos hoje, mais empolgantes duelos nos esperam no futuro.

Você não viu isso na TV: as mais belas imagens dos bastidores da Volta à Flandres

Classificação:

1 VAN DER POEL Mathieu Alpecin-Fenix 5:43:17
2 VAN AERT Wout Team Jumbo-Visma ,,
3 KRISTOFF Alexander UAE-Team Emirates 0:08
4 TURGIS Anthony Team Total Direct Energie ,,
5 LAMPAERT Yves Deceuninck – Quick Step ,,
6 CLAEYS Dimitri Cofidis, Solutions Crédits ,,
7 NAESEN Oliver AG2R La Mondiale ,,
8 VAN BAARLE Dylan INEOS Grenadiers ,,
9 DEGENKOLB John Lotto Soudal ,,
10 BENOOT Tiesj Team Sunweb ,,
11 TEUNS Dylan Bahrain – McLaren 70 46 ,,
12 SÉNÉCHAL Florian Deceuninck – Quick Step 60 42 ,,
13 ASGREEN Kasper Deceuninck – Quick Step 50 38 ,,
14 MADOUAS Valentin Groupama – FDJ 40 34 ,,
15 MEURISSE Xandro Circus – Wanty Gobert 35 30 ,,
16 BETTIOL Alberto EF Pro Cycling 30 28 ,,
17 VANMARCKE Sep EF Pro Cycling 30 26 0:16
18 DE BUYST Jasper Lotto Soudal 30 24 2:41
19 POLITT Nils Israel Start-Up Nation 30 22 ,,
20 BYSTRØM Sven Erik UAE-Team Emirates 30 20 ,,

One thought on “Flandres: que corrida, que emoção, que duelo – Poel melhor que Aert”

  1. Um espectáculo único, único! Com drama, com estratégia, com determinação. Um sprint ao limite, mas 100% correto (ao contrário do que tantas vezes vimos infelizmente por aí) e uma vitória merecida – mas se fosse o Van Art também seria.
    Lindo, lindo, lindo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *