covid ataca no giro

Corona marca em Giro: Mitchelton-Scott desiste após quatro testes positivos, também favorito de Steven Kruijswijk em casa

Os resultados dos testes efetuados ontem, no Giro não foram animadores para o resto da prova, quando faltam cumprir duas semanas : a equipa da Michelton, que já tinha ficado sem Simon Yates, decidiu retirar-se da prova, depois de mais quatros dos seus elementos do staff terem acusado positivo.

Mas a sensação seria dada com o positivo de Steven Kruijswijk, do Team Jumbo-Visma, que ocupava o décimo lugar da geral e era um dos favoritos ao triunfo. A sua fragilidade, tal como Simon Yates tinha demonstrado na semana passada, revelavam já os sinais da doença. No seio da caravana haverá ainda mais um caso, com um ciclista da Sunweb Michael Mattews, e dois casos de elementos do staff da equipa Ineos e da AG2R.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *