Almeida reforça liderança, no dia em que Ganna trepou

João Almeida reforça liderança: “Queria mostrar que ainda estava lá”
Foto: Cor Vos

João Almeida também manteve a camisola de líder na segunda etapa de montanha do Giro, e foi mesmo o terceiro no final da etapa, fortalecendo assim a sua liderança. 

“Senti-me bem. Tive um bom dia e também boas pernas ”, afirmou na flash entrevista. “Já sabia que Caicedo tinha ficado para trás por isso estava bastante relaxado”.

O ciclista da Deceuninck-Quick-Step, de 22 anos, adora o rosa . “Esta camisola rosa também me fortalece mentalmente e motiva-me”, finalizou.

Por seu turno, Filippo Ganna (INEOS Grenadiers) venceu a 5ª etapa no Giro. O italiano foi o único sobrevivente da fuga do dia. Na subida final da primeira categoria, o italiano não permitiu a presença a seu lado de Thomas De Gendt (Lotto-Soudal) e Einer Rubio (Movistar), preferindo pedalar sozinho, para o seu primeiro grande triunfo em provas em linha, reconhecidas que são as suas capacidades nas provas de C/R.

Na frente da corrida, João Almeida aumentou a sua vantagem para os seus mais diretos adversários, mesmo que apenas de quatro segundos, resultantes da bonificação.

Filipppo Ganna celebra su segunda victoria de etapa en el Giro 2020.

Filippo Ganna conseguiu hoje a sua segunda vitória no Giro, e numa etapa de montanha. “Não é fácil levantar 83 quilos, mas felizmente consegui”, disse o italiano de 24 anos. “Foi duro, peso 83 quilos e isso é muito difícil, encarei a parte final da etapa como um contra-relógio pedalei forte até o fim e consegui. Queríamos fazer algo com a equipa depois do abandono de Geraint Thomas ,pelo que estou feliz por termos ganho quase no imediato, pois Thomas incentivou-nos a tentar algo e seria bom se tivéssemos sucesso imediatamente.