Vuelta caminha para etapas sem público ?

O governo basco e a organização de La Vuelta decidiram fechar as subidas às passagens de montanha Arrate e Orduña (na primeira e sétima etapa, respectivamente) para os fãs. O governo acredita que a atual situação epidemiológica impossibilita a admissão do acesso público.

“As condições orográficas de ambas as passagens de montanha apresentam enormes problemas no que diz respeito ao controle da distância mínima de segurança obrigatória entre os espectadores. Esta distância pode ser garantida noutros locais aplicando os protocolos estabelecidos e as capacidades máximas ”, pode ser lido no site da La Vuelta.

A subida até ao desfiladeiro do Arrate realiza-se no final da primeira etapa (20 de outubro), que começa a partir de Irun. A subida ao desfiladeiro de Orduña terá lugar durante a sétima (27 de outubro), que parte de Vitoria-Gasteiz e termina em Villanueva de Valdegovía.

A organização de La Vuelta está trabalhando arduamente para garantir uma coordenação completa com todas as autoridades relevantes para considerar outras medidas específicas para cada uma das dezoito etapas, bem como para os passos de montanha incluídos no trajeto. A organização vai anunciar os pontos que serão restritos ao público por motivos de saúde. ”