O medo mata, corrói a alma e tira-nos a coragem

Só falta o 19…

O pelotão percorreu hoje, uma das zonas mais bonitas do Parque Natural do Gerez, naturalmente também, uma das encantadoras do nosso país. Mas perdõem-me a comparação, esta paisagem não tem nada a ver com a paisagem da Volta, aquela de agosto, em que o calor é abrasador, o público aparece aos magotes na estrada e grita pelos ciclistas, aplaude e vibra.

O clima é naturalmente mais frio e o ambiente acompanha este clima. As pessoas estão na estrada, esboçam um sorriso, e poucas são as que gritam. É uma Volta algo diferente, triste, talvez, com muitos apelos escusados de “fiquem em casa e vejam na televisão“., como se o ficar em casa fosse solução. Será que de tanto falar em Covid, se instalou o medo no povo ? Mas ,o medo é a pior das soluções, e não é remédio para a cura. O medo mata, corrói a alma e tira-nos a coragem.