Por tudo isto, esta é uma Volta Especial, só por isso

A Volta, esta Volta que alguém quis não tivesse numeração, por isso e muito bem, foi chamada de Volta Especial, denominação que lhe assenta que nem uma luva. Primeiro, pelo período adverso que a nível global todos atravessamos e que ficará na história mundial, segundo pelo tempo record com que foi posta na estrada, terceiro porque é um trabalho solidário entre todos os agentes da modalidade : entidades oficias, equipas e ciclistas.

Talvez por isso, esta Volta possa ter um carinho muito especial quando, passados alguns anos a ela nos referirmo-nos. Ao contrário do que alguns pretendem rotular, não é uma Volta mais pequena, feita para remediar uma lacuna, dando a entender que é uma Volta de somenos importância, o que para os patrocinadores das equipas, não soou muito bem.

É uma Volta com apenas menos um dia, é certo, mas que corresponde ao anseio de milhares e milhares de portugueses, que verão na estrada, mais uma vez, aquele que é, sem duvida, o evento mais popular, mais carismático, mais festivo, mais itinerante, mais afetivo de todos quantos se realizam no nosso país. Um evento que congrega os portugueses, que os une, e que leva uma MENSAGEM de SOLIDARIEDADE, tanto maior quantas as dificuldades que todos vivemos nestes momentos.

Por tudo isto, esta é uma Volta Especial, só por isso. Nós gostamos da Volta, a nossa Volta, com mais ou menos equipas, mas sobretudo com as equipas e ciclistas nacionais lá presentes. O nosso povo gosta deles, dos ciclistas e das suas equipas.