Greve no Luxemburgo

O pelotão da Volta ao Luxemburgo parou os pedais na segunda etapa, contra a falta de segurança da prova. Já ontem. na primeira etapa foi notório o estacionamento de viaturas quase na reta da meta, transito em sentido contrário à corrida. Como os perigos continuaram hoje, os ciclistas decidiram parar a corrida e fazer apenas 50 kms dos 170 previstos.

Arnaud Demare foi o vencedor, de uma corrida com 50 minutos de duração. Rui Oliveira foi oitavo na etapa e é sexto na geral, que é comandada pelo italiano Diego Ulisse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *