Bruyneel questiona estilo de vida de Bernal

Questiono-me em voz alta se Bernal ainda tem o estilo de vida certo para competir em provas do mais alto nível”, disse Johan Bruyneel, ex-diretor de esportes da Lance Armstrong e Alberto Contador, num artigo de opinião no site Wielerflits.be.

Deixem-me começar afirmando que sou um grande fã de Bernal”, escreveu Bruyneel. “Estou convencido de que vai ganhar o Tour novamente . No entanto, está num momento perigoso de sua carreira. ”

De acordo com Bruyneel, o atual momento de Bernal tem a ver com a maneira como viveu em seu país natal, a Colômbia, depois de vencer o Tour no ano passado. “Ele era adorado por tudo e todos em sua terra natal louca pelo ciclismo. O status e os contratos multimilionários afetaram logicamente sua vida. Ouvi dizer que Bernal deixou a sua amiga de infância Xiomy Guerrero, com quem esteve junto por mais de cinco anos, morava com ela, o que poderá ter tido um grande impacto na sua vida. Também rompeu com seu descobridor, o ex-profissional Fabio Hernan Rodriguez e tem agora outra pessoa que cuida de todos os seus negócios na Colômbia. Afinal, quando você é o rei, todos estão dispostos a ajudar. Bernal também deixou sua cidade natal, Zipaquira, e agora mora muito mais em um subúrbio de Bogotá, mudanças que minam a estabilidade da sua vida. ”

Receio que Bernal tenha perdido um pouco o controle da vida profissional na sua terra natal, onde é adorado por todos desde a vitória no Tour”, finaliza Bruyneel. “Eu até entendo tudo isto Quando visitamos este país, descobrimos que a riqueza e a fama são o maior ímã para as mais belas mulheres colombianas. Dificilmente pode ser diferente com um menino de 22 anos, que é sensível a toda essa atenção e adoração. ”

Por um lado foi bom que Bernal tenho sido confrontado com tudo isto nesta fase da sua vida, ainda é tão jovem que ainda dar um novo rumo à sua vida e este desaire no Tour, talvez seja a melhor coisa que lhe poderia acontecer .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *