Simon Yates vencedor final do Tirreno-Adriático

Simon Yates venceu a corrida italiana Tirreno-Adriatico. O britânico de Mitchelton-Scott não abriu mão da vantagem no contra-relógio final, mais de 10 quilómetros com largada e chegada em San Benedetto del Tronto.

O seu compatriota Geraint Thomas, ex-vencedor do Tour de France, terminou em segundo lugar, classificando-se a seguir o polaco Rafal Majka, que ficou à frente de Wilco Kelderman (Team Sunweb).

O italiano Filippo Ganna, companheiro de equipe de Thomas na Ineos, ganhou o contra-relógio.

Yates, de 28 anos, assumiu a liderança da classificação ao vencer a etapa rainha para o Sassotetto na última sexta-feira., sucedendo ao esloveno Primoz Roglic na lista de honra.

Estava muito nervoso para esta fase final”, disse Yates pouco depois do sucesso. “Tivemos uma ótima semana aqui e foi graças ao ótimo trabalho da nossa equipa, que acabei por ganhar. Foi difícil, mas fiz o meu melhor. E felizmente isso acabou sendo o suficiente. ”

Ganna estabeleceu o tempo de 10,42 após 10,1 km em San Benedetto del Tronto, a uma média de 56,60 kms/h, à frente do belga Victor Campenaerts, que terminou em segundo a dezoito segundos. O australiano Rohan Dennis terminou em terceiro com 26 segundos. Yates foi décimo oitavo a 50 segundos.