Hirschi, fez-se justiça por “linhas direitas”

Resultados da fase 12 do Tour de France.  Finalmente um prêmio para o talento de Marc Hirschi após um grande solo

Na previsão que fizemos para a etapa de hoje, tendo em conta o percurso, só um ciclista de grande poder poderia vencer, um ciclista de grandes cavalgadas. Depois do show que já nos tinha dado, Marc Hirschi, o ciclista da Sunweb completou os últimos 28 kms da 12ª etapa do Tour isolado, com um grupo de perseguidores à perna, onde estava incluído Julian Alaphilippe aguentou com a estocado e terminou de braços no ar.

Com 22 anos Hirsch poderá ser o sucessor de Fabian Cancellara, para uma Suíça a quem falta agora um líder. Com uma série de lugares de top em algumas provas de renome mundial, Hirsch teve, contudo hoje, o seu dia de glória, mesmo que antes tenha sido Campeão da Europa e vice do Tour de l’ Avenir em 2018. Uma etapa do Tour é um dos sonhos de qualquer ciclista .

A etapa valeu ainda pelo esforça da Bora para descartar Sam Bennett, que ficou para trás, mas Sagan, o primeiro do pelotão não teve a recompensa que o trabalho dos seus colegas merecia. Forma muitos os ciclistas que tiveram luz verde para arrancar ( 12) e o seu esforço de pouco ou nada valeu. Agora, só a desistência de Bennett o poderá salvar.

Na frente do corrida, do lado dos favoritos todos integraram o pelotão mantendo-se tudo na mesma. No carro vassoura chegou Ilnur Zakarin. O russo já está de malas aviadas para a Gazprom, onde começou a sua carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *