Pinot: ” São demasiados fracassos”

Journée noire

A carreira de Pinot não tem sido fácil, marcada por boas performances a que se sucedem fracassos inesperados. Terceiro no Tour de 2014, Pinot esteve por mais duas vezes prestes a subir ao pedestal dos Champs Élysees, mas fatores ligados a problemas de saúde, impediram o francês de conseguir esse objetivo:

São já demasiados fracassos, tenho que ver o que fazer no futuro. Não vou abandonar o Tour. Quero pedir desculpa aos meus companheiros de equipa e aos meus fãs. Agora só nos resta lutar por um triunfo de etapa.” – afirmou triste e desiludido o campeão francês.

Já Marc Madiot estava apreensivo : ” Sabíamos que Pinot não estava bem, com fortes dorsais. Tentamos disfarçar o mais que podemos, mas nestes momentos não há nada a fazer”.

Recorde-se que Pinot desistiu o ano passado no Tour, quando ocupava o 5º lugar da geral, tendo ganho a etapa do Tourmalet. Depois do desastre de Pinot, do desatino de Alaphilippe na etapa de hoje, aos franceses resta agora Bardet, que já foi segundo em 2016.