Milão-S.Remo: Van Aert que “monumento”

Imagem

Final emocionante este que nos proporcionou Wout Van Aert, no Milão-S.Remo. O belga, recente vencedor da Strade Bianchi , foi simplesmemte implacável, confiante, disciplinado, aparecendo na corrida no momento em que era preciso lá estar e o único que foi capaz de acompanhar o vencedor de 2019, Julian Alaphilippe. Os dois foram os homens da corrida, marcada por um novo percurso, com uma parte final que descartou os principais sprinters, deixando na frente um grupo, ainda assim bastante alargado.

Van Aert demonstrou hoje a sua sagacidade. Refugiando-se no meio do pelotão na subida da Cipressa, soube aguardar o momento oportuno, respondendo a Alaphilippe , no Poggio e no momento certo, arriscando nos últimos dois mil metros, quando o francês se lhe refugiou na sua roda. Os dois foram os homens da corrida. Alaphilippe porque foi o homem que fez explodir todo o grupo e depois Van Aert porque foi o único que conseguiu acompanhá-lo. Ambos resistiram a tudo e todos, mesmo à descida louca de Mohoric. Azar dos azares para os sprinters que conseguiram resistir no pequeno grupo e que morreram na praia, como o caso de Michael Mattews terceiro e que perdeu uma oportunidade única de juntar um monumento ao seu palmarés.

Também muita ativa ao longo do percurso, a Trek- Segafredo não teve a resposta necessária por parte de Nibali. Atacou no Poggio, estava em condições de poder acompanhar Alaphilippe e Van Aert, mas as pernas falharam. Depois de mais de vinte anos, a Bélgica voltava a ganhar o Milão-S.Remo e catapultar Van Aert para um pedestal muito alto.

Classificação:

1 VAN AERT Wout Team Jumbo-Visma 500 275 7:16:09
2 ALAPHILIPPE Julian Deceuninck – Quick Step 400 200 ,,
3 MATTHEWS Michael Team Sunweb 325 150 0:02
4 SAGAN Peter BORA – hansgrohe 275 120 ,,
5 NIZZOLO Giacomo NTT Pro Cycling 225 100 ,,
6 SMITH Dion Mitchelton-Scott 175 90 ,,
7 ARANBURU Alex Astana Pro Team 150 80 ,,
8 VAN AVERMAET Greg CCC Team 125 70 ,,
9 GILBERT Philippe Lotto Soudal 100 60 ,,
10 MOHORI? Matej Bahrain – McLaren