Froome humilde no apoio a Bernal

Chris Froome é o ajudante perfeito para Egan Bernal, mas ainda não quer tirar conclusões: “A turnê ainda está a um mês de distância”
Foto : AFP

Chris Froome (Team Ineos) e a termos em conta apenas o resultado da etapa da etapa de hoje da Route de l’ Occitanie, poderíamos tirar uma conclusão bastante negativa. Mas, uma das razões para o seu atraso foi a ajuda importante que deu ao vencedor do último Tour, numa tirada dura que tinha no seu menu as duras escaladas de Balès, e o Col de Peyresourde terminando na subida final menos conhecida, o Col de Beyrède.

Chris Froome é o ajudante perfeito para Egan Bernal, mas ainda não quer tirar conclusões: “A turnê ainda está a um mês de distância”

Classificando-se no 34º lugar a pouco mais de cinco minutos, Chris Froome não conseguiu um bom resultado. No entanto, o britânico de 35 anos foi um precioso ajudante de Bernal ao longo da etapa. Foi uma atitude inesperada, porque há meses que se especula quais os papéis de Bernal, Froome e Geraint Thomas (que não está presente na Route d’Occitanie) no Tour.

No final da etapa, o próprio Froome não perdeu tempo em prestar homenagem a Nicolas Portal, seu diretor desportivo que faleceu em 3 de março deste ano. “Foi uma etapa especial para comemorá-lo. Tenho tantas lembranças dele nesta região. Passei horas e horas com ele explorando estas estradas. ” – Já em relação ao resultado da etapa afirmou : “Foi muito especial pois temos os dois primeiros lugares da geral individual. E estou muito feliz por ter conseguido ajudar . Trabalhamos como equipa do início ao fim. ”

Mas será que Froome quer assumir o mesmo papel de ajudante no Tour? “Continuo a melhorar. O Tour ainda está a um mês de distância, muita coisa pode mudar. ” Questionado sobre a sua opinião com o desempenho da escalada de Bernal foi lacónico “Estou impressionado com toda a equipa. Foi fantástico ”, disse Froome, em torno da pergunta de um jornalista.