Corrida secreta na Noruega com transmissão televisiva

Uma corrida secreta. Sem público, com ciclistas de renome e com transmissão televisiva.

Enquanto as corridas oficiais ainda estão em pausa, a primeira corrida europeia foi organizada na Noruega com o máximo sigilo. Um contra-relógio que manteve ao longo da sua realização o distanciamento entre atletas e, não havia público. “Isto foi fantástico para os ciclistas, finalmente tiveram uma sensação de competição”.

A paciência acabou. Na Noruega, a primeira corrida desde a pandemia da coroa foi organizada com o máximo sigilo ontem. Um contra-relógio de escalada de quatro quilómetros foi capaz de garantir a distância entre os dez participantes noruegueses – entre eles nomes conhecidos como Edvald Boasson Hagen (NTT) e Carl Frederik Hagen (Lotto-Soudal).

Como não foi um evento da UCI, não foi necessária a aprovação do órgão internacional de ciclismo. “Nossa localização era desconhecida, então o público ficou fora“, afirmou Gabrial Rasch diretor da Ineos “Nós realmente não queremos agravar esta situação do vírus. Por isso tudo foi feito na máxima segurança, cumprindo as regras estabelecidas internamente.” R

Finally, live racing on tv in Norway! @Tobias_S_Foss 2nd @tv2 #klatrekongen #fuelofnorway @JumboVismaRoad

Embedded video

2848:11 PM – May 20, 2020Twitter Ads info and privacy23 people are talking about this

A corrida foi transmitida ao vivo pela televisão norueguesa. “Seguimos de perto as medidas de saúde dos ciclistas e nunca estiveram em contato um com o outro. Para os ciclistas, é claro que é fantástico, e deve motivá-los durante o período difícil para o resto da temporada.

Andreas Leknessund, da Sunweb foi o vencedor do primeiro confronto das ultimas semanas. “Realmente senti falta disto. Se era seguro? Certo. A distância entre os ciclistas é grande. ” Amanhã será realizada a última prova do chamado Klatrekongen Fuel of Norway – novamente num local secreto e sem público.