Corona vírus alterou a programação das equipas e ciclistas

O mundo do ciclismo está impotente para encontrar um caminho que dê garantias de uma continuidade competitiva, devido à possibilidade do corona virus se intensificar, repentinamente num ou noutro país. Para já, as principais consequências são as seguintes:

Corridas efetivamente canceladas ?

Oficialmente, entre os eventos importantes, apenas o Strade Bianche, programado para o sábado 7 de março, e o GP Industria, programado para domingo , isto a somar às duas ultimas etapas do UAE Tour.

Corridas mais ameaçadas ?
As outras corridas italianas em março são as mais ameaçadas: Tirreno-Adriatico (11 a 17 de março) e Milão-San Remo (21 de março) .

Mais tarde no calendário, as corridas belgas (que realmente começam em 25 de março, com os Três Dias de De Panne, depois Ghent-Wevelgem em 29 de março) não estão ameaçadas de momento. A Bélgica tem apenas 23 casos identificados de coronavírus.

EQUIPAS AUSENTES NAS PROVAS DE MARÇO

Tirreno-Adriatico (10): Educação First, Jumbo-Visma, Groupama-FDJ, Astana, Mitchelton-Scott, Ineos, AG2R La Mondiale, Sunweb, CCC, Emirados Árabes Unidos.
Milan-San Remo (7): Educação First, Jumbo-Visma, Mitchelton-Scott, Ineos, AG2R La Mondiale, Sunweb, Emirados Árabes Unidos
Paris-Nice (5): Astana, Mitchelton-Scott, Ineos, CCC, Emirados Árabes Unidos
Que influência na composição das equipas?
As incertezas em torno da realização de Tirreno-Adriático, uma corrida importante, levaram várias formações a mudar o programa dos seus corredores, direcionando-os para o Paris-Nice. Assim, Romain Bardet alinhará com a corrida francesa , na qual não estava prevista a sua presença : “Romain precisa correr para preparar seus objetivos futuros. Tudo sugere que as corridas italianas serão canceladas, mas ainda não confirmamos “, reconheceu Vincent Lavenu .

Na Quick-Step, Kasper Asgreen, Bob Jungels e Zdenek Stybar competirão em França e não na corrida italiana. Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), Wout van Aert (Jumbo-Visma) e Elia Viviani (Cofidis) também participarão no Paris-Nice.