Principais equipas mundiais param até 22 março

Algumas das principais equipas mundiais anunciaram que irão fazer um interregno competitivo até o período de 22/23 de março, de forma a evitar possíveis casos de contágio com o corona virus.

Esta é uma margem de segurança, para a possivel contaminação de alguns ciclistas e membros do staff que competiram no Tour dos UAE e que acabaria por contagiar elementos de algumas equipas, e que obrigou à quarentena de três formações até 14 de março, que foram obrigadas a permanecer num hotel em Abu Dhabi.

O problema, contudo, pode não ser assim tão linear, ou seja, o período de inatividade competitiva pode aumentar já com o Paris-Nice praticamente à porta, não se sabendo ainda como irá evoluir a situação em França e quais as medidas que poderão ser tomadas pelo governo liderado por Macron.

Entretanto, a RCS já deverã ter proposto uma reunião de urgência com a UCI, de forma a incluir no calendário deste ano provas tão importantes como o Strade Bianchi , Milão-S.Remo e o Tirreno Adriático, se para as clássicas encaixar estas provas até pode ser relativamente fácil , já o mesmo se apresenta difícil para o Tirreno.