Phil Bauhaus destronou Bouhanni e Rui Costa

Phil Bauhaus venceu a etapa final no Saudi Tour (2.1) .O alemão do Bahrain-McLaren venceu ao sprint, à fente de francês Nacer Bouhanni (Arkea-Samsic) e do holandês Arvid De Kleijn ( Riwal Readynez). Mercê do seu triunfo na etapa e das respetivas bonificações, Bauhaus ficará para a história como o primeiro vencedor da prova saudita.

A última etapa teve um início nervoso da corrida com numerosos ataques, formando-se na ffrente um grupo de quatro elementos : Jon Irisarri, Angel Madrazo, Nigel Ellsay e Richard Jones.A sua vantagem máxima cifrou-se em 3:30 .

Nos últimos 50 km, deram-se três quedas e, numa delas, mais uma vez com Marc Cavendish como interveniente, que viria a recuperar o lugar no pelotão.

No sprint, Cavendish lançou perfeitamente seu companheiro de equipa , Bauhaus. O alemão sentiu Bouhanni avançando e desviou-se ‘muito profissionalmente’ de sua linha e assim conquistou a vitória na etapa, a segunda no Saudi Tour e fundamental para a vitória final: dois segundos à frente de Bouhanni e 13 segundos à frente de Rui Costa. Levada à ultima consequência, talvez Bauhaus pudesse ter sido castigado, pelo desvio voluntário, da sua linha de bicicleta.