Dez jovens a seguir em 2020

A temporada de 2020 marcará a estreia de alguns jovens de valor no pelotão nacional, e espera-se que alguns que se estrearam este ano, venham a confirmar o seu valor. Alguns mesmo jovens, de 1º e 2º ano como sub-23, outros como elites de 1º ano. Todos eles poderão ter um futuro promissor.

Jornal Ciclismo selecionou dez jovens a seguir atentamente em 2020.

Tiago Antunes – com 23 anos na próxima temporada teve, no final deste ano excelentes prestações nas provas em que participou em Portugal. Com uma rodagem considerável a nível internacional, é apontado como um ciclista bastante expressivo em percursos montanhosos e duros.

Gonçalo Carvalho – tem também 23 anos, já venceu a Juventude na Volta a Portugal, e tem uma tarimba internacional bastante considerável, com presenças regulares na seleção nacional.

Miguel Salgueiro – foi um dos melhores sub-23 em 2019 . Ciclista completo tem vindo a demonstrar uma grande regularidade em termos de evolução.

António Ferreira – Venceu a Volta aos Açores e em competição com os profissionais não deixou ficar mal a sua equipa nesta temporada, na qual se estreou como sub-23 de 1º ano. É um jovem com larga margem de progressão.

Pedro Miguel Lopes – terá 21 anos em 2020 e promete muito. Ciclista possante, é um autêntico todo terreno.

Afonso Silva – O alentejano é capaz de brilhar em todos os campos mas em especial no C/R. É um bom trepador, e já deu excelentes indicações este ano, em provas internacionais.

Emanuel Duarte – foi o vencedor do Prémio da Juventude na Volta e o triunfador da Volta do Futuro. O algarvio surgiu de repente, faltará confirmar, mas já deu garantias de grande valia.

Guilherme Mota – Com 20 anos, o leiriense é uma das jóias da coroa do pelotão sub-23. Bem trepador e razoável c/relogista, é um dos nomes com mais seguidores.

Pedro Silva – Foi campeão nacional de juniores e é o único da lista com propensão natural para o sprint. Bom rolador e a sua estreia é aguardada com alguma expetativa.

Vinicio Rodrigues – Foi um dos sub-23 de primeiro ano mais regulares ao longo de 2019 . Bom trepador fará a sua segunda temporada como sub-23.

1 comentário a “Dez jovens a seguir em 2020”

  1. Na equipa Kelly / InOutBuild / UD Oliveirense o ciclista Filipe Rocha não fará parte do plantel em 2020 em virtude de não ter recuperado totalmente da lesão que sofreu em 2018.

    Obrigado.

Os comentários estão fechados.