Márcio Barbosa começou temporada a ganhar

Muitas categorias, muitos ciclistas e Melgaço, mais uma vez, apelou ao ciclismo para animar a Vila minhota, com mais de duzentos ciclistas a marcar presença, no início da temporada de ciclocrosse.

Ciclistas conhecidos do grande público, muito poucos, o que de alguma forma não ajuda à tão desejada emancipação desta bela variante do ciclismo, que tanto público atrai no centro da Europa. No nosso país, o ciclocrosse teve o seu período áureo nos anos 90, vindo aos poucos a perder a sua pujança. Nos últimos anos, tem-se vindo a assistir a boas provas, bem organizadas, com bom ambiente, mas a tradição perdeu-se e o público não adere conforme desejado, mau grado o espetáculo que a modalidade proporciona.

Créditos fotográficos: ACM

Melgaço deu pois o tiro de partida de uma temporada, que tentará animar o desolador espaço desportivo, que carateriza o chamado defeso e, no entanto, algo mais se poderia fazer. Assim o quisessem ciclistas e equipas profissionais.

Na prova maior, o campeão nacional Márcio Barbosa foi o vencedor, começando já a marcar posição, em relação às próximas provas.

Classificações: