Velon contra UCI, apresenta queixa na Comissão Europeia

Com o apoio unânime de seus acionistas, a Velon anunciou que apresentou uma queixa, à Comissão Europeia em 20 de setembro contra a Union Cycliste Internationale (UCI), solictando ” à Comissão Europeia que estude como a UCI implementou os regulamentos existentes e procurou introduzir novos que foram projetados para favorecer os interesses comerciais da UCI em detrimento das equipas. “

Este organismo, que agrupa onze das melhores equipas do mundo,
Bora-Hansgrohe, CCC Team, Deceuninck–Quick Step, EF Education First, Lotto Soudal, Mitchelton-Scott, Team Ineos, Team Jumbo-Visma, Team Sunweb, Trek-Segafredo e UAE Team acusa ainda a UCI de restringir o desenvolvimento da série Hammer que a associação tem implementado desde 2014 e que a UCI tem procurado boicotar. A Velon deu a conhecer que as equipas investem um total de 400 milhões de euros por ano, no desenvolvimento do ciclismo, o que representa cerca de 50% do total de investimento no ciclismo de estrada, vivendo apenas do rendimento da sponsorização, sem quaisquer rendimentos sobre os direitos televisivos das grandes provas .