Equipas continentais dominam Volta do Futuro

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas a andarem de bicicleta, bicicleta e ar livre

A Volta a Portugal do Futuro deu hoje as suas primeiras pedaladas, num circuito na Sertã, num percurso sinuoso, com as equipas continentais a dominarem, deixando para os jovens das equipas de clube as migalhas, provando mais uma vez, que o ciclismo nacional necessita de um estudo mais sério.

É certo diremos nós que são todos ciclistas sub-23, então por este prisma os do FC Porto que se apresentaram de armas e bagagens na Sertã, também deveriam ter alinhado, mas o esquema apresentado não é o melhor, em especial para as equipas de clube, naturalmente em desigualdade competitiva com as equipas continentais.

Talvez por isso não seja de admirar que nos dez primeiros lugares da geral ,esta seja ocupada pelos continentais. Das equipas amadoras ou de clube, o melhor foi Diogo Duarte da Sicasal na 10ª posição e o segundo, Vinicius Rodrigues da JV Perfis – Gondomar no 15º lugar. O resto foi uma autêntica miragem para as equipas ditas de clube.

Emanuel Duarte da LA Aluminios, vencedor do Prémio da Juventude da Volta a Portugal, foi o vencedor da etapa, com 44 segundos sobre os seus mais diretos adversários, Fabio Costa e Pedro Lopes, ambos da Oliveirense, e os três podem ser agora os grandes favoritos ao triunfo final.

Classificações:

2 comentários a “Equipas continentais dominam Volta do Futuro”

  1. No es del todo correcta la noticia, ninguno de los equipos españoles que participan en la prueba es de categoria continental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *