João Almeida oficializado na Deceuninck e Bouhanni na Arkea

Nacer Bouhanni chegou a acordo com a Arkea-Samsic, depois de algumas temporadas de grandes conflitos com a sua atual equipa a Cofidis, que o “trocou” por Elia Viviani. A Arkea é dada como formação World Tour em 2020, tendo como chefe de fila o colombiano, Nairo Quintana.

Na Lotto-Soudal as mudanças prometem. Tiesj Benoot deixou a formação belga ingressando na Sunweb, enquanto Campanaerts , atual recordista mundial da hora, está a um passo de chegar a acordo com a Dimension Data. O golpe maior, contudo, foi a contratação do suíço Johan Jacobs , que pertencia á equipa de desenvolvimento da Lotto-Soudal, com apenas 21 anos pela Movistar.

Por outro lado, está oficializada a ligação de João Almeida à Deceuninck. Por seu turno, a Movistar contratou Davide Villella e Dario Cataldo, ambos ciclistas da Astana nesta temporada, equipa de onde saiu também Andrey Zeits para a Michelton-Scott.

Uma das transferências que poderá dar mais que falar, será a de Tom Dumoulin que deixará a Sunweb para a Jumbo -Visma, o que dará à equipa holandesa uma força enorme para as grandes provas por etapas.

Para memória futura ficará o abandono de alguns ciclistas que decidiram colocar um ponto final na sua carreira, entre eles, Davide Rebellin, Mark Renshaw, Matti Breschel, Laurens Ten Dam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *