A vitória do ciclismo

Com mais calma, já lá iremos a uma apreciação mais profunda desta 81ª Volta a Portugal. Por enquanto, no meio de uma multidão arrepiante, só podemos considerar que, mais do que o W52-FcPorto, venceu o ciclismo.
Se há vinte anos, um mar vermelho festejou em Matosinhos a vitória de David Plaza (Benfica), numa Volta que terminou em Matosinhos, hoje foi uma verdadeira maré azul e branca que, no sítio do costume para a hostes portistas, festejou a vitória de João Rodrigues. Uma maré de gente que se juntou, assinale-se, todos os dias, desde Viseu.

Venceu também o Porto, cidade. Não só pelo que conseguiu mostrar, não só por trazer à estrada, desde Gaia, uma moldura humana impressionante, com natural carinho pelos clubes presentes, mas também pelos ciclistas e pelo ciclismo. Ouro sobre azul, para o Porto, terá sido a vitória do FCPorto, sem esquecer que a RP-Boavista, foi também uma das equipas de sucesso desta Volta a Portugal.
Depois deste dia, destes dias, que mais dizer sobre o ciclismo e a verdadeira empatia do público com a modalidade! Uma vitória esmagadora e… Genuína.
Luís Gonçalves

1 comentário a “A vitória do ciclismo”

  1. Empatia do publico para com a modalidade???
    Quer dizer antes, empatia dos portistas para com o ciclismo do Porto… Desculpe, mas foi o que se passou. Pode ser muito bonito nas televisões, mas quem vive de perto o ciclismo é triste…
    Vi de tudo. Raiva de adeptos que misturam futebol com ciclismo, pessoas a tratar mal os ciclistas e vi uma coisa lamentavel que em tantos anos de ciclismo nunca tinha visto… CICLISTAS a seres cuspidos em pleno esforço…. Como é que o ciclismo chegou a isto???? Se é um puro caso de clubismos, POR FAVOR RETIREM OS CLUBES DO CICLISMO….
    É triste quando há pessoas assim.
    Desculpem, mas tinha que dizer isto. Como amante do ciclismo, sinto-me triste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *