Dia louco de grande espetáculo, em novo triunfo estrangeiro

Foi um principio de etapa demolidor . Depois de três contagens do PM, logo nos primeiros 50 kms da etapa, e sem que a cabeça do pelotão tenha autorizado a saída de qualquer escapada, o ritmo foi endiabrado, com o pelotão a partir-se em dois, ficando na frente um grupo de 25 ciclistas, nos quais as equipas mais representados foram o FC Porto, com seis ciclistas, todos menos Samuel Caldeira e a Radio Popular – Boavista com cinco elementos. Juntaram-se à festa três ciclistas do Sporting , outros tantos do Louletano, estes os mais representativos. A escapada chegou a ganhar dois minutos, enquanto cá atrás a Efapel e a Vito – Feirense não conseguiam encurtar distancias. Depois de muitas insistências foram os homens da Arkea-Samsica, uma equipa dita profissional, que deram a ajuda necessária para neutralizar a escapada.

Terminada a escapada Brice Feillu protestou junto dos ciclistas da W52-FCP, não se sabendo bem porquê. O ciclista francês, que há poucos anos teve palavras de baixo nível para com os ciclistas portugueses, já sabe que em Portugal, os ciclistas portugueses andam e, para se andar bem no nosso país, há que preparar uma prova tão dura e seletiva como a Volta a Portugal.

Depois da fuga ter sido neutralizada, ao km 91, espetáculo que não foi possível visualizar na RTP, a transmissão começaria depois, o pelotão abrandou e o FC Porto permitiu a saída um grupo de 11 ciclistas, que viriam a discutir a corrida entre si. O triunfo sorriria ao basco Hector Saez da Euskadi-Murias, o mais rápido do grupo, vitima de queda a 2.5 kms da meta. de alguns dos componentes da escapada ( ver peça à parte).

Como resultado concreto da etapa a passagem do Sporting para o segundo lugar da geral coletiva, por troca com a RP – Boavista e a passagem da camisola azul para os ombros de Luis Gomes, da equipa boavisteira. Na frente mantém,-se Gustavo Veloso, ele também vitima de queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *