Viviani começa a dar-se bem com os ares de França…

A imagem pode conter: 1 pessoa, ar livre
Viviani aguentou bem com Kristoff e Ewan. ( Foto : Le Tour )

Uma etapa de consagração para os sprinters, um dia sem grandes preocupações para os candidatos ao triunfo final, assim se passou o quarto dia do Tour. Um dia histórico para Elia Viviani, com cinco triunfos no Giro, três na Vuelta, estreando-se hoje na maior prova do mundo.

Perfeitamente lançado pelos seus companheiros de equipas, Viviani arrancou a 150 metros da meta e conseguiu aguentar com a remontagem de Kristoff e de Caleb Ewan.

É uma consagração, era a vitória que faltava no meu palmarés. Agora só já penso na sétima etapa, onde posso ter hipóteses de sprintar novamente para a discussão do triunfo. Foi fenomenal, por tudo, Hoje tinha os meus pais na chegada, e foi muito bom celebrar com eles este triunfo.“- palavras de Elia Viviani no final, passando a entrar no ciclo restrito dos vencedores de etapas nas três maiores provas do mundo.

Uma escapada de três homens, pouco convincente, Yoann Offredo (Wanty-Gobert), e o seu colega de equipa Frederik Backaert e Michael Schär (CCC)  fizeram o pleno nas escapadas do dia- O suíço foi quem mais aguentou até 15 kms da meta, mas não resistiu ao controlo da Lotto, Deceuninck e Jumbo.

Na linha da frente tudo como ontem, Alaphilippe continua de amarelo, ainda teve força para dar uma ajuda a Viviani no ultimo km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *