Israel quase ganhava em casa: Edwin Avila levou os louros

Foi uma etapa dificil de explicar. Na verdade, a subida à Torre acabou por parir um rato, isto é, chegaram ao alto da Torre, onde dez ciclistas contornaram o ponto mais alto de Portugal continental com larga vantagem sobre os restantes mas, volvidos quarenta kms, o pelotão voltou a unir-se.

Logo à partida foram muitos os ciclistas interessados em ir para a fuga, muitas tentativas, mas o pelotão não dava grande espaço de manobra, um grupo de cinco ciclistas conseguiu ter uma vantagem de dois minutos, mas o pelotão acabaria por entrar compacto no início da subida para a Torre, no Sabugueiro.

A imagem pode conter: 1 pessoa, a andar de bicicleta, bicicleta, ar livre e natureza


No seu terreno predilecto, na subida para a Serra da Estrela, Joni Brandão atacou e com ele seguiram Frederico Figueiredo, David Rodrigues e o eritreu Awet Andemeskel o quarteto ganhou cerca de trinta segundos, mas atrás os homens da W52- FCPorto, em especial Joaquim Silva e o italiano Danilo Celano da Amore e Vita fizeram a junção. Atrás, Vicente de Mateo recolava também ao grupo da frente, com a forte ajuda de Luis Fernandes , passando o grupo compacto na Torre.

O grupo rolou junto até Manteigas, onde Cerlano ficou para trás na descida, recolando com a impulsão de António Carvalho, da W52 que, vindo de trás conseguiu juntar-se ao grupo da frente, cuja andamento não era uniforme, isto é, rolava aos esticões. E foi depois de uma série de esticões que se formou na frente um quinteto, Jesus Zabala ( Oliveirense) Alexander Vdovin ( Lokosphins) António Carvalho ( FC Porto) , Nikolay Mihalov e de novo Andemeskel.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas a andarem de bicicleta, bicicleta e ar livre


O quinteto conseguiu rapidamente dois minutos de vantagem. faltavam cerca de 40 kms para a meta, dado que, atrás, o entendimento não se verificava. Apenas Henrique Casimiro e Luis Fernandes puxavam, mas de forma pouco convincente.
Com um andamento muito fraco, o segundo pelotão viria a juntar-se ao grupo perseguidor dos ciclistas em fuga, em Belmonte, sobre a impulsão dos homens da Rali e do Sporting, e seriam precisamente os homens leoninos a acabarem com as veleidades do grupo de escapados, com Mihalov a persisitir, mas a ser alcançado a cinco kms da meta.
Na ascensão para a Covilhã, David Rodrigues ( RP – Boavista) tentou surpreender de longe, ganhou alguma vantagem que foi anulada por Frederico Figueiredo , tendo Joni Brandão sido o mais forte, levando de vencida Vicente Garcia de Mateo e o colombiano Edwin Avila, que viria a ganhar a corrida, mercê do seu primeiro lugar no 1ª etapa e os dois terceiros nas etapas seguintes, amealhando segundos preciosos. No final, apenas dois segundos separaram o primeiro do segundo classificado, o que diz bem do índice competitivo da prova.

Classificação: 3ª etapa:

1 BRANDÃO Joni Efapel 14 20 4:51:32
2 GARCÍA DE MATEOS Vicente Ludofoods Louletano Aviludo 5 12 0:02
3 ÁVILA Edwin Israel Cycling Academy 3 7 ,,
4 CELANO Danilo Amore & Vita – Prodir 5 0:05
5 TIZZA Marco Amore & Vita – Prodir 4 ,,
6 RODRIGUES David Miguel Costa Radio Popular Boavista 3 ,,
7 FIGUEIREDO Frederico Sporting Clube de Portugal/Tavira 2 ,,
8 MANNION Gavin Rally UHC Cycling 1 ,,
9 NIV Guy Israel Cycling Academy ,,
10 SANTORO Antonio Monkey Town – à Bloc CT ,,
11 CASIMIRO Henrique Efapel 0:09
12 SILVA Joaquim W52 / FC Porto ,,
13 VDOVIN Alexander Lokosphinx ,,
14 GEBREMEDHIN Awet Israel Cycling Academy 0:11
15 LOPES Pedro Miguel UD Oliveirense/InOutbuild ,

Geral:

1 2 ?1 ÁVILA Edwin Israel Cycling Academy 125 100 13:41:41
2 3 ?1 GARCÍA DE MATEOS Vicente Ludofoods Louletano Aviludo 85 70 0:02
3 7 ?4 BRANDÃO Joni Efapel 70 50 0:04
4 9 ?5 TIZZA Marco Amore & Vita – Prodir 60 36 0:18
5 8 ?3 FIGUEIREDO Frederico Sporting Clube de Portugal/Tavira 50 28 0:20
6 12 ?6 RODRIGUES David Miguel Costa Radio Popular Boavista 40 24 0:21
7 11 ?4 NIV Guy Israel Cycling Academy 35 20 ,,
8 28 ?20 MANNION Gavin Rally UHC Cycling 30 18 ,,
9 5 ?4 CASIMIRO Henrique Efapel 25 16 0:22
10 19 ?9 VDOVIN Alexander Lokosphinx 20 14 0:24
11 10 ?1 GEBREMEDHIN Awet Israel Cycling Academy 15 12 0:25
12 18 ?6 SILVA Joaquim W52 / FC Porto 10 10 ,,
13 15 ?2 BENTA João Radio Popular Boavista 5 8 0:34
14 16 ?2 ZABALA Josu UD Oliveirense/InOutbuild 5 7 ,,
15 20 ?5 MOLENAAR Alex Monkey Town – à Bloc CT 5 6 ,,

Por equipas:

1ª Israel Cycling Academy – 41.06.09

2ª radio Popular – Boavista – a 21 “

3ª Efapel a 27 “