Nas Esperanças está o futuro do ciclismo nacional

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas a sorrir, pessoas a andarem de bicicleta, bicicleta e ar livre

Foram quase uma centena de ciclistas que alinharam à partida da 1ª prova da Taça Nacional de Esperanças, que se disputou em Portimão, competição que reúne na mesma competição, ciclistas juniores e sub-23, num total de 16 equipas.

A fórmula é estimulante, fresca, inovadora , uma série de adjetivos positivos que consagram uma ideia que pode, no futuro, ser ainda mais estimulante, se esta iniciativa se repetir por mais mais vezes.

Positiva porque reúne um pelotão alargado, o que aumenta o nível competitivo e , simultaneamente diminui custos. O que pode ser feito em duas corridas sem interesse, é feito numa só, permitindo aos mais jovens adquirir prematuramente uma maior evolução, que vai de encontro ao seu futuro como ciclista.

Uma ideia  que permite também, a que todos os clubes trabalhem com mais afinco, procurando encurtar distancias, aperfeiçoando entreinamentos e dando melhores condições aos seus ciclistas.

À Federação exigem-se novas fórmulas, que mexam com o sistema, mas sobretudo que sejam inovadoras e contribuam para o desenvolvimento da modalidade, esta é, sem duvida, um b om projeto.

Na primeira prova foi vencedor Francisco Morais . seguido de  Iuri Leitão ( ambos Sicasal) . O terceiro classificado, a 1m06s, foi outro ciclista da Sicasal/Constantinos, José Vieira. João Macedo (Bairrada) foi o melhor júnior, seguido pelo colombiano Marlon Castro (Ginestar) e por João Silva (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact).

Já hoje o triunfo coube a Francisco Marques ( Crédito Agricola – Almodôvar) seguido de  Daniel Silva (Sicasal). O terceiro classificado foi Francisco Morais (Sicasal/Constantinos), vencedor da corrida de ontem e que, assim, reforçou o comando da Taça Nacional de Esperanças.

Em juniores Daniel Dias (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) foi primeiro, seguido por João Macedo (Bairrada) e por Flávio Fernandes (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact). A geral da Taça Nacional de Esperanças na categoria júnior é comandada por João Macedo.