Calendário nacional com problemas de concentração de provas

O calendário nacional da FPC está praticamente elaborado, contudo não parece fácil a resolução de alguns problemas que prejudicam o normal desenvolvimento do modalidade, no escalão profissional.

Entre alguns pontos ainda por decidir, dois problemas bicudos parecem ter difícil solução. Na verdade, como é possível num calendário com tantas “clareiras” duas provas importantes, como GP Jornal de Notícias e o Prémio Abimota estejam separados apenas por um dia ?  Este é o primeiro problema o segundo, tem a ver com a proximidade entre os Prémios Nacional 2 e Torres Vedras separados por quatro dias, mas a escassos dias de início da Volta a Portugal.

Com plantéis cada vez mais reduzidos, não será muito fácil ás equipas ” acudirem” à presença em todas estas provas. Algumas serão sacrificadas. E se o JN é uma das provas mais interessantes do ciclismo nacional, não é menos verdade, que o Prémio Nacional 2 foi a competição que mais aguçou o apetite de equipas e ciclistas, dada a excelência da organização e as condições concedidas aos clubes.

À Federação compete disciplinar esta situação, de forma a não causar sobrecargas a equipas e ciclistas em momentos cruciais da temporada.

 

 

1 comentário a “Calendário nacional com problemas de concentração de provas”

Os comentários estão fechados.