Nuno Bico ainda sem equipa

Foi um dos poucos ciclistas portugueses, nos últimos anos a fazer  uma Volta a Portugal, logo no seu primeiro ano de sub-23, depois de uma época promissora como junior.

Esteve no Boavista durante três anos, e passou direto para o mais alto patamar, como ciclista da Movistar, onde estabeleceu excelentes relações, dado o seu espírito participativo, educado e comunicativo.

Quando lhe telefonamos hoje, interrompemos uma boa leitura, para saber algo do futuro de Nuno Bico.  O viseense recupera ainda de uma fratura da clavícula ocorrido na clássica do  Quebeque no Canadá, confirmando que não ficará na Movistar, estando a estudar qual a equipa patamar que irá representar em 2019:

” Foram épocas sensacionais na Movistar, mas na equipa saía sempre com o mesmo objetivo, que era entrar logo na frente da corrida a puxar. Agora estou expectante e queria ver se podia fazer outro tipo de ciclismo, mais a pensar em mim e menos nos outros.”

Aguardemos para ver em que equipa Nuno Bico correrá em 2019.

 

2 comentários a “Nuno Bico ainda sem equipa”

  1. Não passou do Boavista para a Movistar, antes disso passou pela equipa satélite da quickstep, Klein constancia, tendo até sido bastante criticado neste espaço por sair de uma equipa grande para uma equipa B . Oxalá continue no world tour!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *