Será desta Valverde

Alejandro Valverde en el podio de Madrid con el maillot verde.

Vence Clássicas, provas por etapas das mais diferentes do calendário internacional, campeonatos nacionais, é um dos poucos ciclistas que se pode gabar de ter feito pódio nas três grandes voltas, venceu a Vuelta, tem carisma, mas em tão extenso palmarés, sobretudo tendo em conta as suas características, parece faltar um título de campeão do mundo.

Com 38 anos feitos a 25 de Abril de 2018, falta a Alejandro Valverde o seu dia da Revolução, o seu 25 de Abril. São onze as participações do espanhol no campeonato do mundo de estrada (prova de fundo), marcando presença, por nove vezes, nos dez primeiros classificados, característica que importa de todas as outras provas, demonstrando a sua conhecida regularidade.

Mais do que isso, desde 2003, comprovando a sua longa e bem sucedida carreira, Valverde tem seis medalhas em campeonatos do mundo, duas de prata, e quatro de bronze. Em linguagem futebolística, tem batido na trave. Por isso mesmo, e por todo o carisma que tem na modalidade, não existem grandes dúvidas que terá muita gente a “pedalar por ele”, nestes mundiais. Será desta Valverde?
Luís Gonçalves