Daniel Mestre em Nafarros e Rui Rodrigues na Moita, os vencedores do dia

Mais vale tarde do que nunca e hoje, em Nafarros, no circuito mais difícil e seletivo do panorama nacional, Daniel Mestre deu à Efapel o triunfo que faltava, a um , o ciclista e a outra,  a queipa.

Daniel Mestre é daqueles ciclistas de antes quebrar que torcer. Bom profissional a época este ano não lhe correu, conforme esperava, mas o alentejano não deitou a toalha ao chão e levantou em Nafarros, perto de Sintra, os braços em sinal de vitória, depois de uma temporada em que, por várias vezes esbarrou na barra.

Já na Moita, o triunfo deu , decerto muita alegria a Rui Rodrigues . O ciclista do Louletano- Aviludo nunca esteve habituado a vencer. Que nos lembremos, desde que passou a profissional este deverá ter sido o seu primeiro triunfo. De novo, nada mais bem certado do que diz o ditado,  mais vale tarde do que  nunca. O ciclista de Fafe teve, este ano a sua melhor temporada de sempre.