Chegada a Boticas: etapa difícil e seletiva

A etapa de amanhã pode marcar a Volta a Portugal, dado o seu grau de dificuldade. É a entrada da prova no norte do país, por Trás os Montes onde as dificuldades são pautadas pelos constantes sobes e desces, autênticos rompe pernas e, logo a seguir ao dia de descanso, pode apanhar alguns do favoritos de surpresa.

Quatro contagem do PM o ultimo dos quais de 1ª categoria a menos de 15 kms irá dar  poucas hipóteses de recuperação a quem estiver mal. Uma escalada de grande inclinação e que sobe dos 800 metros de altitude aos 1400 em menos de cinco kms. Uma das etapas incógnitas da Volta, e talvez das mais difíceis.

1 comentário a “Chegada a Boticas: etapa difícil e seletiva”

  1. A altimetria está errada… Torneiros fica a cerca de 900 metros de altitude. A altimetria do site e do livro da volta estão erradas (para não variar… costuma acontecer muito), mas os dados do percurso estão certos no site estão certos (Torneiros, 892m), ou seja sobe de 492m para 892m (desnível de 500m)… de qualquer forma será uma grande subida na mesma.

Os comentários estão fechados.