QuickStep com pouco dinheiro para 2019 ?

Patrick Lefevere, o patrão da QuickStep, tem tido nos últimos anos, muitos golpes de rins, para aguentar a ” parada de estrelas” das suas equipas. No limiar de cada temporada, Lefevere conseguiu os apoios que lhe permitiram juntar, na mesma equipa, as melhores referências mundiais das provas de um dia.

Os seus êxitos são os mais numerosos, e os que melhor servem os interesses dos fãs da equipa, para quem as clássicas são como o pão para a boca.

Este ano as coisas, mais uma vez, não estão fáceis, a saída da QuickStep como sponsor principal é um facto, e a entrada da Maes, uma marca de cerveja, não proporciona os fundos necessários para manter a sua super equipa.

Yves Lampaert e Niki Terpstra estão em duvida para 2019 :
“Eu não tenho dinheiro e Niki quer muito dinheiro”, disse  Lefevere.

O problema terá de ser resolvido até o final da próxima semana, e já duas equipas se perfilaram para receberem Terpstra de braços abertas: a UAE e a Dimension Data.