Transmissão da TVI : com poucos meios, afinal houveram boas imagens

A transmissão televisiva do Prémio Nacional 2 diz quem viu, que não terá sido a melhor, mas com os meios disponíveis  que a TV utilizou, provou que se podem fazer transmissões em direto com economia de meios, que permitem  que o povo português tenha direito a ver imagens de provas em direto.

Para uma transmissão “ normal” seriam necessários cerca de 200 mil euros, para colocar helicópteros no ar, motos , satélites e não se sabe mais o quê, com meia dúzia de trocos a TVI deu imagens de uma corrida, importante para o desenvolvimento da modalidade e contributo para justificar a existência das equipas nacionais

É natural que existam comentários menos abonatórios, mas o importante é que foi, através deste estação televisiva que houve muito público na estrada e uma boa audiência na televisão.

Ficou também provado que se pode fazer uma cobertura velocipédica com orçamentos  modestos. É preciso aperfeiçoar, olear a máquina e a TVI está pronta em 2019, para poder transmitir muitas provas do ciclismo nacional. Assim o esperamos.