Prémio J. Agostinho: Rafael Reis parte de amarelo amanhã

Rafael Reis ( Caja Rural) foi o vencedor do prólogo do Prémio Joaquim Agostinho, com os dez primeiros classificados a incluírem os principais nomes e favoritos ao triunfo final, um sinal para a Volta a Portugal.

Um C/R bastante seletivo, e exigente, com partes muito técnicas contribuiu imenso para que os principais especialistas do crono, presentes na prova dessem asas à sua capacidade.

No top ten, temos especialistas como Reis, José Fernandes, Gustavo Veloso, Alejandro Marque, mas nomes todo o terreno como Joni Brandão, João Benta e José Mendes, que são,agora conjuntamente com Veloso e Marque os principais candidatos ao triunfo.

As diferenças de tempo entre os principais favoritos não é irrecuperável nas restantes três etapas, cujo perfil poderá dar pano para mangas, em especial na ultima tirada, com a chegada ao Montejunto.

Hoje os motores aqueceram, para uma prova tradicionalmente competitiva,mas que perdeu algum fulgor, com a aproximação que existe com o Prémio EN2, que dividiu as equipas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *