Um sprint inovador nas nove primeiras etapas

As nove primeiras etapas do Tour vão ter uma inovação. Um sprint intermédio entre 12 a 38 kms do final de cada etapa, uma forma de incentivar os ciclistas interessados na geral individual a buscar alguns preciosos segundos. Três dois e um segundos para os três primeiros e sem qualquer pontuação para a camisola verde, o que desde logo não atira a atenção dos verdadeiros sprinters.

O sprints intermédios normais, com 10,6 e 4 segundos de bonificação continuam a existir em todas as etapas, mas atiram a atenção dos sprinters, pois pontuam para a camisola verde.

Com a diminuição do número de ciclistas por equipa, no C/R por equipas o tempo será tirada ao quarto ciclista a cortar a meta, e não ao quinto como  o passado.

Estas são algumas das inovações para a edição deste ano do Tour.