Luis Gomes ( RP-Boavista) teve força até ao final do Prémio Anicolor

Luis Gomes ( Radio Popular – Boavista) venceu o 3º Prémio Anicolor, concretizando uma fuga iniciada ao km 30, que deu o melhor resultado.

O ciclista axadrezado isolou-se num grupo de 19 ciclistas, dos quais quatro conseguiram escapar, depois de um desentendimento habitual, num grupo tão numeroso, Gomes, Nuno Meireles, Guillaume Almeida e Ricardo Vale. O grupo teve uma vantagem máxima de 3.50 , enquanto no pelotão a equipa do Louletano assumia a perseguição, sem diminuir o tempo, mas não deixando aumentar. Depois foi a vez da LA Aluminios perseguir, reduzindo para cerca de dois minutos a diferença . Vendo que o tempo estava a diminuir drasticamente , Gomes atacou a 25 kms de Ãgueda, passou em primeiro lugar nas duas contagens do PM, situadas nos ultimos 17 kms da prova, sendo alcançado a sete mil metros do final,  por dois sportinguistas, Frederico Figueiredo e Alexander Grigoriev, que trouxeram consigo Guillaume Almeida.

Mau grado os constantes ataques dos dois ciclistas do Sporting, que atacaram à vez, Luis Gomes não cedeu e venceu ao sprint, com o primeiro grupo do pelotão a chegar oito segundos depois.

Classificação:

1.º Luís Gomes (RP-Boavista) 3h29m26s
2.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), mt
3.º Alexander Grigorev (Sporting-Tavira), mt
4.º Guillaume Almeida (Fortuna-Maia), a 2s
5.º Francisco Campos (Miranda-Mortágua), mt
6.º Rafael Silva (Efapel), a 8s
7.º Luís Mendonça (Aviludo/Louletano/ULI), mt
8.º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), mt
9.º José Ferreira (W52-FC Porto), mt
10.º André Crispim (Liberty Seguros), mt