DO SONHO AO PESADELO

Hoje , podia ter sido um dia bom. Não pelo tempo, sobretudo para quem gosta de Sol, mas porque vinha-mos de um fim de semana interessante para o ciclismo, nomeadamente para nós portugueses.

Francisco Pardal e Tiago Ladeira, deram mais dois títulos à Federação. Sagraram-se campeões da Europa de Down-hill, em casa, na Lousã, nos escalões que verdadeiramente interessam, Elites, para Francisco Pardal e Juniores para Tiago Ladeira, ambos com concorrência abundante e apertada.

Roglic, continua a surpreender. Vence a Volta ao País Basco. Não se põe em causa a sua inevitável qualidade, mas não seria um triunfo dos mais esperados à partida, tendo em conta o que é aquela corrida e os adversários presentes. Certo é que o homem esteve onde outros não estiveram, ganhou vantagem onde era previsível e resistiu friamente quando devia.

O jovem Enrico Mas arrebata a última etapa. Um e outro acabam por estar ligados ao nosso país. Porventura as suas primeiras vitórias de destaque ocorreram em solo nacional. A Volta ao Algarve para Roglic e a Volta ao Alentejo para Enrico Mas. Crescem os ciclistas e acabam por fazer crescer também as nossas corridas.

No Paris-Roubaix, embora a prova não tenha acabado bem para Nelson Oliveira, que fracturou a clavícula, Nuno Bico, juntou mais um nome português à lista dos portugueses que chegaram a Roubaix. Os imensos adeptos de Peter Sagan, acompanharam o ídolo, na vitória que procurava há bastante tempo. Agradou-me o sucesso do eslovaco, mas, devo confessar que, em cima do risco de meta, ainda cheguei a dar uma pedalada (imaginária) por Dillier.

Mas é do Paris-Roubaix que nos chega a notícia que nos desanima profundamente. O jovem Michael Goolaerts, vivia o sonho de participar no Paris-Roubaix. Do sonho, ao pesadelo, em ténues segundos, para nos fazer recordar que a vida humana é frágil. Uma paragem cardíaca igual à de qualquer um. Pode-nos chocar mais porque nos habituamos a ver os desportistas como super-heróis. Parecem, mas não são.
Luís Gonçalves

1 comentário a “DO SONHO AO PESADELO”

  1. Boa tarde .tudo muito bem mas esqueceu-se de Ivo Oliveira venceu a última etapa do circuito internacional das Ardenas onde participou com mais 3 jovem Português

Os comentários estão fechados.