já se fala do regresso da lampre e do desaparecimento da BMC

Os rumores começam cedo. Ainda a temporada está prestes a iniciar-se e já se fala para 2019.  Cada vez são mais consistentes as informações que prevêem o final da BMC, como equipa World Tour, o que não constitui grande novidade, dada as enormes verbas já gastas pela patrão da equipa .

O que parece certo é que, caso a BMC venha a sair do circo maior do ciclismo  mundial, a Israel Academy poderá assegurar a vaga deixada em aberto pela equipa suíça/americana.

O que parece certo também, é o regresso da Lampre, mas como equipa profissional, dando mais consistência ao ciclismo italiano, carecido de uma equipa de grande nível. è dos poucos países do ciclismo tradicional, que não possuiu uma equipa Wordl Tour.