16ª Bênção Nacional dos Ciclistas, juntou centenas em Fátima

 

Pedir proteção à Virgem Maria nas estradas de Portugal e todo o mundo, é um dos objetivos principais da Bênção Nacional dos Ciclistas, que se realizou este ano na sua 16ª edição, neste domingo 25 de fevereiro.

Com organização da União de Ciclismo de Leiria, o evento contou com o apoio da Federação Portuguesa e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), que desde o primeiro dia apoiou a mesma, e ainda da Reitoria do Santuário de Fátima, e Câmara Municipal de Leiria.

A concentração do evento ocorreu pelas, 9 horas no parque número 12, depois pelas 10.45, os participantes pedalaram num pequeno passeio rumo até Aljustrel, onde no Recinto da Capela de Santo Estevão – Calvário Húngaro, se realizou a Santa Missa, seguida da Bênção, mais um ano presidida por D. Serafim Ferreira e Silva, Bispo Emérito da Diocese Leiria e Fátima, que tem sido o mentor desde o primeiro dia.

A Bênção Nacional dos Ciclistas, tem ao longo dos anos passado por diversos momentos climatéricos, chuva, ventos fortes, e até neve ocorreram ao longo dos 16 anos que se realiza, e pouco foram os mesmos, onde o bom tempo marcou presença, este ano o tempo esteve excelente, com temperaturas amenas, muito sol, e um número de participantes sem dúvida muito positivos, muitas centenas marcaram presença, vindo de diversos locais do país, que nas contas da organização, juntou mais de 2300 participantes.

Carlos Vieira, presidente da União de Ciclismo de Leiria, falava à nossa Reportagem no final sobre mais uma Bênção, ao qual dizia: Temos um balanço muito positivo desta edição, o dia de hoje foi espetacular, um dia lindo, e Nossa Senhora deu-nos um dia maravilhoso, proporcionando estarmos aqui hoje com a afluência que tivemos aqui de participantes, só nos enaltece, por isso a partir de amanhã, começamos a pensar na 17ª edição.

Mas uma das figuras importantes das Bênçãos, é sem dúvida D. Serafim Ferreira e Silva, Bispo Emérito da Diocese Leiria e Fátima, ele que foi o grande impulsionador deste evento, e apenas uma vez não pode presidir à mesma, por estar ausente em Roma, tentamos saber no final a sua opinião ao qual nos dizia.

O ciclismo é um belo desporto, e eu gosto imenso dele, este ano tivemos bom tempo, e uma boa moldura humana, o que é muito positivo, deixo como mensagem a todos os que estiveram aqui presentes, um obrigado, e no futuro, venham participar, é um momento sem dúvida muito especial.

O postal ilustrado:

A Fé move sem dúvida montanhas, e Fátima possui algo especial, que muitos, crentes ou não, é um sítio onde se sente muitas vezes um arrepio. E é ai que muitos vão, ou por promessas, ou pela Fé que os move até aquele local, e este domingo foram muitos por isso, um pouco de todo o país, com as suas bicicletas, fosse ela uma pasteleira, uma de Btt, uma de ciclismo, ou uma simples bicicleta de lazer, havia um objetivo, a de pedir proteção enquanto pedalam, seja na competição, no lazer, ou até na utilização da mesma para o trabalho.

O tempo, esse ajudou, o sol marcou presença, e a animação entre todos esteve presente, o passeio foi animado, a confraternização muito acolhedora, e por fim o momento de Fé marcou sem dúvida o momento, todos assistiram em pé às cerimónias até ao final, cumprindo assim o que os levou até aquele local.

Pouco mais para dizer, apenas referir este dia que marcou todos os que marcaram presença, satisfazendo participantes pelas boas condições climatéricas, e organização, por ter um número de participantes que este ano atingiram, o que demostra que este evento tem pernas para continuar a se realizar, onde da parte da organização, já se pensa na 17ª edição.

Texto: José Morais

Fotos: Helena e José Morais

Pode visualizar mais fotos em: https://photos.google.com/share/AF1QipNrn2IyxJcd6ViCY8rFqLfALMk9k7_KhhaKg7WyOySrzoYDtSCDWAhsLlT-ZqQPIA?key=WnFyaU9NWk9iN2hEOV9HcHc5WHFQNEluRFJucWlR