Volta à Extremadura: Bruno Lima bate Vidal Celis ao sprint

O português Bruno Lima (Madeinox-Boavista) impôs-se hoje na segunda etapa da Volta à Extremadura, batendo ao sprint o espanhol Vidal Celis (Barbot-Siper). Nuno Marta (CC Loulé-Louletano-Aquashow), quinto, Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), sétimo, e Bruno Saraiva (CC Loulé-Louletano-Aquashow), décimo, foram os outros portugueses nos dez primeiros da jornada de 157 quilómetros, com partida e chegada a Almendralejo. O espanhol José de Segovia (Supermercados Froiz) manteve a liderança. Bruno Castanheira (Barbot-Siper) desceu para a quarta posição e Tiago Machado (Madeinox-Boavista) continua no quinto lugar, os dois com o mesmo tempo do líder.

A tirada de hoje disputou-se em terreno plano, propício à alta velocidade, reflectida na média de 45,19 km/h. A temperatura elevada, cerca de 30 graus, não inibiu dez corredores de tentarem a sua sorte, tendo-se formado, logo nos quilómetros iniciais, um grupo em fuga com esses elementos. Entre os escapados estavam os portugueses César Quitério (CC Loulé-Louletano-Aquashow) e Luís Silva (Palmeiras Resort-Prio-Tavira). A passividade no pelotão era geral e a diferença chegou aos 4m30s. Foi assim que, quando faltavam cerca de 30 quilómetros para o final, a Barbot-Siper e a Madeinox-Boavista assumiram as despesas da perseguição.

O trabalho das duas equipas portuguesas deu frutos e a escapada abortou a 7 quilómetros da meta. Na discussão ao sprint, Bruno Lima revelou-se mais forte do que Vidal Celis e conquistou a segunda vitória do ano.

Numa competição sem bonificações, poderá ser a ordem de chegada nas diferentes etapas a decidir o vencedor. Nesse aspecto, os dois corredores portugueses que estão entre os cinco primeiros, todos com o mesmo tempo, perderam posições para os adversários. José de Segovia foi o melhor, passando o risco em 15º, Luis Laverde (Colombia es Pasión) manteve o segundo lugar, terminando a etapa no 18º posto. Israel Pérez (Extremadura-Spiuk) ultrpassou Bruno Castanheira, graças ao seu 22º lugar na jornada de hoje. Castanheira foi 25º e Tiago Machado não foi além da 27ª posição. Vidal Celis mantém a liderança dos sprints especiais, agora em igualdade pontual com César Quitério.

Amanhã corre-se a terceira etapa, 173,2 quilómetros com partida e chegada a Zafra. Sem grandes dificuldades montanhosas, será, apesar de tudo, uma jornada mais difícil do que a de hoje. “Amanhã a etapa é mais dura. Temos o Tiago Machado na frente da corrida e com ele vamos tentar dar a volta à corrida”, disse ao Jornal Ciclismo o director-desportivo vitorioso na etapa de hoje, José Santos.

CLASSIFICAÇÕES
2ª Etapa: Almendralejo – Almendralejo, 157 km
Média: 45,019 km/h
1º Bruno Lima (Madeinox-Boavista), 3h28m18s
2º Vidal Celis (Barbot-Siper), mt
3º José Rodríguez (Sanse-Spiuk), mt
4º Marco Flores (Ciudad de Oviedo- Tartiere Auto), mt
5º Nuno Marta (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
6º Jaime García (Extremadura-Spiuk), mt
7º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
8º Jonathan Perdiguero (Sanse-Spiuk), mt
9º Kenny Lisabeth (An Post-Sean Kelly Team), mt
17º António Carvalho    (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
24º Nelson Oliveira (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
25º Bruno Castanheira (Barbot-Siper), mt
27º Tiago Machado (Madeinox-Boavista), mt
28º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista), mt
29º Pedro Lopes(CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
32º Martín Garrido (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
41º Daniel Silva (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
45º Pablo de Pedro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
48º Samuel Coelho (Barbot-Siper), mt
49º Mário Costa (Barbot-Siper), mt
50º David Livramento (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
51º Luís Pinheiro (Madeinox-Boavista), mt
59º César Quitério (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
70º André Cardoso (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
71º Rui Sá (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
73º Carlos Pinho (Barbot-Siper), mt
79º Célio Sousa (Madeinox-Boavista), mt
84º Virgílio Neves (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
85º Vítor Carvalho    (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
87º Joaquim Sampaio (Madeinox-Boavista), mt
88º Fernando Carvalho (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
93º Daniel Mestre (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 34s
95º Danail Petrov (Madeinox-Boavista), a 44s
96º Ricardo Mestre    (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 1m18s
97º António Amorim (Barbot-Siper), a 1m38s
98º Bruno Pinto (Barbot-Siper), mt
99º Luís Silva    (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt

Geral Individual
1º José de Segovia (Supermercados Froiz), 6h59m28s
2º Luis Filipe Laverde (Colombia es Pasión), mt
3º Israel Pérez    (Extremadura-Spiuk), mt
4º Bruno Castanheira (Barbot-Siper), mt
5º Tiago Machado (Madeinox-Boavista), mt
6º Fabricio Ferrari (Caja Rural), a 14s
7º Jaime García (Extremadura-Spiuk), a 27s
8º Victor de la Parte (Caja Rural), mt
9º Alvaro García (UPV-Bancaja), a 29s
10º Daniel Silva (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
12º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista), a 44s
16º Nelson Oliveira (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), a 1m14s
18º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 1m25s
21º Célio Sousa (Madeinox-Boavista), a 2m07s
22º Virgílio Neves (CC Loulé-Louletano-Aquashow), a 2m10s
26º Mário Costa (Barbot-Siper), a 3m15s
27º Vidal Celis (Barbot-Siper), a 3m16s
28º Ricardo Mestre    (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 3m35s
31º Bruno Lima (Madeinox-Boavista), a 14m01s
34º Pedro Lopes(CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
36º Bruno Saraiva (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
37º Nuno Marta (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
49º António Carvalho    (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
51º César Quitério (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
54º Luís Pinheiro (Madeinox-Boavista), mt
55º David Livramento (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
57º Rui Sá (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
59º Martín Garrido (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
65º André Cardoso (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
66º Pablo de Pedro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
67º Carlos Pinho (Barbot-Siper), mt
68º Samuel Coelho (Barbot-Siper), mt
76º Joaquim Sampaio (Madeinox-Boavista), mt
82º Vítor Carvalho    (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), mt
86º Daniel Mestre (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 14m35s
90º Danail Petrov (Madeinox-Boavista), a 14m45s
92º Luís Silva    (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 15m39s
93º António Amorim (Barbot-Siper), mt
98º Bruno Pinto (Barbot-Siper), a 20m31s
99º Fernando Carvalho (CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia), a 22m40s

Geral Colectiva
1º Extremadura-Spiuk, 20h59m57s
2º Madeinox-Boavista, a 1m18s
3º Barbot-Siper, a 4m58s
7º CC Cidade de Lugo/Artesania de Galicia, a 14m55s
8º CC Loulé-Louletano-Aquashow, a 15m07s
10º Palmeiras Resort-Prio-Tavira, a 16m10s

5 comentários a “Volta à Extremadura: Bruno Lima bate Vidal Celis ao sprint”

  1. Parece que este ciclista tem mais sucesso em Espanha do que em Portugal.

    Parabens.

  2. Grande Bruno Lima!!!!!!Força campeão, és na minha opinião o melhor finalizador ao sprint em portugal…e podes ser bem mais que isso se continuares assim!Força Boavista e Força Portugal

Os comentários estão fechados.