a asma faz parte da vida de froome, mas há limites para tudo na vida ?

Depois de mais um escândalo envolvendo ciclistas do World Tour, a primeira imagem que nos vem ao pensamento é se a Sky terá tanto poder de encaixe, para se manter na alta roda do ciclismo mundial, depois de alguns problemas que colocam a equipa britânica, em estado de sítio.

Inhalando

Chris Froome é um homem de desafios, que ultrapassou barreiras impensáveis para chegar ao mais pedestal do ciclismo mundial. Era um ciclista vulgar quando participou na nossa Volta, foi um ciclista vulgar quando, há oito anos foi expulso do Giro, no Mortirollo, por se agarrar a uma carro, e foi um ciclista perseguido por uma série de doenças, muitas delas devido à sua longa permanência em África, que fizeram dele um exemplo . A asma fez parte da sua vida, e o salbutamol é uma das soluções para quem padece desta enfermidade.

O seu uso não é proibido, mas está confinado a 1000 nanogramas, mas o valor atingido por Froome, na penultima etapa da Vuelta, depois de feita a respetiva análise ultrapassou em muito a marca imposta pela legislação , ao atingir os dois mil nanogramas.

Não vai ser um ponto fácil de solução, até porque outros ciclistas já foram castigados pelo mesmo motivo. Diego Ulisse foi castigado por nove meses, em 2014 quando corria o Giro, prova em que nesse ano tinha ganho duas etapas, Alessandro Petachi igualmente em 2007 .

Froome que se mostrou muito crítico contra todos os que tiveram um caso de doping. Numa das suas afirmações públicas foi mesmo longe demais ao afirmar:

Creio que a primeira suspensão, que é atualmente de dois anos, poderá ser mais dura. Deve ser bem claro, que se infringes as regras e que fazes batota, não há lugar para ti.

Irredutível na sua afirmação contra o doping, Froome deixa duvidas, agora, que estará em apuros, isto para não falar da autorização em 2014, para correr na Volta à Romandia, que venceu, com uma AUT que lhe permitiu a utilização de corticosteróides, também pelos mesmos motivos, a asma.

Recordando uma outra sua afirmação : ” Acusam-me de ser um batoteiro e mentiroso, o que não é muito simpático. Lance fez batota, mas eu não faço batota. Ponto final.

Agora, volvidos alguns anos perguntamos: afinal em que ficamos ?

 

.