O Benfica merece mais do que um presidente pequeno!

Ora, se bem percebemos as palavras de Luis Filipe Vieira, na séria intenção de competir numa modalidade justa e acima de tudo limpa de qualquer substância proibida informam-se os leitores de bom senso que o Sport Lisboa e Benfica vai investir toda a sua actividade desportiva na modalidade de campismo.

Como bem saberão os leitores de bom senso, a modalidade de campismo e montanhismo (que prezo, diga-se) teve no decurso de 2016, uns excedentes seis controlos fora de competição, zero em competição, e zero casos de violação das normas anti-dopagem. Só podemos concluir ser a modalidade certa para o glorioso futuro do Benfica.

A animosidade do dirigente máximo do Benfica com os dopados, julgamos, virá do ano 2014, se não me falha a memória ano em que o Benfica é campeão de futebol, e ano em que o futebol é recordista de casos de violação das normas antidopagem, e nem sequer sabem o que é o passaporte biológico. Compreendem-se bem melhor as suas suspeitas, e a séria aposta na equipa de campismo.

Pelo ciclismo, apenas podemos dizer, com alguma mágoa, que o actual presidente do Benfica falhou no respeito e na memória de José Maria Nicolau, José Martins, Peixoto Alves, Francisco Valada, Fernando Mendes, Firmino Bernardino, David Plaza, e a todos os outros que muito mais do que ele fizeram o Benfica Grande. O Benfica merece mais do que um presidente pequeno!
Luís Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *